Acontece

Esporte

Integrado e ciclismo: parceria que traz resultados

A equipe disputa de 10 a 20 competições por ano

Grupo Integrado

publicado em 03/02/2016 17h09 | atualizado em 15/02/2016 15h36

Para 2016, a equipe espera manter as primeiras posições nos rankings regionais e paranaenses

Para 2016, a equipe espera manter as primeiras posições nos rankings regionais e paranaenses

O ciclismo mourãoense, através da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, é mais uma das modalidades esportivas apoiadas pelo Grupo Integrado. A parceria existe desde que a equipe começou na cidade. Sob o comando do técnico e ciclista veterano Ari Adolfo Mateus, o time conta com seis atletas profissionais e quatro iniciantes no projeto Escolinha de Ciclismo. Eles também têm o apoio da Fundação de Esportes de Campo Mourão (FECAM) e disputam de 10 a 20 competições regionais e estaduais por ano.

Aos 66 anos, Ari Adolfo repassa para a equipe a experiência que adquiriu como ciclista. Sua influência como atleta transformou seus filhos Aline Mateus e Ari dos Santos Mateus em ciclistas profissionais. Juntos, os três colecionam troféus e medalhas que ficam expostos pela casa e por toda a sede do time, localizada no Lar Paraná. A estrutura é simples, mas eles possuem bicicletas profissionais para treinos e competições de velocidade e mountain bike. É o próprio técnico quem faz a manutenção e conserta eventuais problemas nos equipamentos.

"Possuir uma equipe dessa em Campo Mourão é algo que eu nunca imaginava. Já competi pelo Brasil e sei que esse time é um orgulho", diz Ari Adolfo. Outro trabalho executado por ele é o da Escolinha que inicia 2016 com quatro adolescentes de 14 anos. Há capacidade para atender até sete adolescentes, por conta da necessidade de boas bicicletas que garantam segurança para os alunos. Os quatro iniciantes procuraram a equipe por conta própria. "Os meninos da Escolinha recebem uma ajuda de custo para incentivá-los a treinar e ainda viajam para as provas e conhecem gente. É muito bom para o crescimento deles", destaca o técnico.

O ciclista profissional Emanuel Carrera de Andrade começou a treinar na Escolinha de Ari Adolfo há 11 anos. Na época, com 16 anos, ele foi convidado pelo veterano. “Eu sempre fui ligado ao esporte, skate e quando o Ari me chamou eu vim porque já gostava de bicicleta”. Emanuel precisa se dividir entre sua vida profissional e o esporte, mas diz que o principal ganho que o ciclismo trouxe para sua vida foi com relação à saúde física e psicológica. “É preciso estar focado porque ver uma prova com 60, 70 quilômetros desanima às vezes, então se não treinar você não tem condições de terminar”, comenta o atleta. Ele coleciona títulos na modalidade Estrada, como a conquista do campeonato paranaense quando estava na categoria sub-23. Emanuel também foi campeão na categoria sub-30 da Copa Cidade e da Etapa de Cianorte de Ciclismo.

Para 2016, a equipe espera manter as primeiras posições nos rankings regionais e paranaenses. Para isso, os atletas profissionais seguem com os treinamentos que acontecem no Anel Viário e Estrada da Boiadeira. Adolescentes de 13 a 18 anos podem entrar em contato com Ari Adolfo para participar do time, sendo que não é necessário possuir bicicleta, já que a escolinha empresta o material dos treinos.